Data

Animação


"Não tolere o que a Bíblia reprova" (Gilvan, 15.05.2005)

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Alimento Bíblico 46: “Ester, exemplo a ser seguido”. Parte I



          Sem Jesus, o mundo está perdido. Sem o Espírito Santo o mundo não experimentará a salvação de Deus. Em sentido real, Jesus é o único caminho que leva o homem a Deus, mas o Seu Povo, Sua Igreja por ser um “caminho santo”, para apresentar o plano de Deus para esse mundo perdido, madura para o juízo, conforme Isaias 35:8 “E ali haverá uma grande estrada, um caminho que será chamado Caminho de Santidade. Os impuros não passarão por ele; servirá apenas aos que são do Caminho; os insensatos não o tomarão”.
         Quando nossas vidas estão fundamentadas sobre a Rocha de Deus que é o próprio Jesus Cristo, nosso relacionamento com Ele passa a ser de comunhão e intimidade; assim podemos influenciar aqueles que ainda não conhecem Jesus a um relacionamento pessoal com Ele e os que já O conhecem poderemos conduzir a experiência de um verdadeiro avivamento, através da presença poderosa do Espírito Santo em nossas vidas.
          Devemos reconhecer que Deus tem urgência em resgatar o pecador, e Ele, através de Sua Palavra, julgará qualquer pessoa que não seguir em direção a Ele. São muitas as estratégias que o nosso inimigo tem lançado mãos para cegar os homens à verdade do Evangelho e o mundo tem penetrado de forma camuflada em nossas igrejas e nas nossas famílias.
      Nossas famílias e igrejas estão rompendo o muro de proteção que o Senhor estabeleceu e se esquecem de que “quem abre uma cova nela cairá, e quem rompe um muro, mordê-lo-á uma cobra” Ec 10.8. Isso entristece profundamente ao nosso Deus - quando Ele percebe muitos de Seus filhos indo na direção oposta à Sua Palavra, saindo do caminho santo. Muitos de nossa convivência estão indo a passos largos para o inferno.
        Nossa nação, estado, cidade, bairro, família e igreja estão experimentando as consequências do pecado. Porém, Deus está dizendo em Sua Santa Palavra que há solução: “se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar. Porque escolhi e santifiquei esta casa, para que nela esteja o meu nome perpetuamente; nela, estarão fixos os meus olhos e o meu coração todos os dias” II Cr 7: 14 à 16.   Como precisamos de discernimento nessa área.
         Deus está dizendo que há solução. Somos convocadas a orar e clamar a Deus pela nossa nação, por todos os povos. A Igreja de Jesus tem a promessa de mudar o curso da história de um povo. O avivamento em sua igreja também depende de sua oração. Avivamento é a mudança e renovação na vida de oração de uma pessoa, de uma igreja de um povo.
          Nossas escolhas determinam a nossa caminhada e o nosso futuro; sua vida é reflexo do que você escolhe. Como está o seu relacionamento com Deus? A eternidade é determinada pela realidade que você vivencia hoje. Portanto, vivencia o Projeto de Deus para sua vida, esteja totalmente rendido ao senhorio de Jesus Cristo.
          Deus poderá tocar muitas pessoas através de sua vida; se permita ser um instrumento em Suas Santas Mãos. Também não devemos esquecer que teremos que prestar contas a Ele pela forma como estamos vivendo hoje. Tudo está sendo registrado por Deus
        No novo nascimento, seu espirito passou a ser habilitação do Espirito Santo e seu corpo passou a ser um “templo vivo” de pedra humana. Só assim a vida passa a ser vivida em liberdade Urgentemente, precisamos viver a prática que apóstolo viveu registrada em Galatas 2:19-20: “Porque eu, mediante a própria lei, morri para a lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo;  logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”.
        No contexto do livro de Ester, os judeus e também nós, todo o povo de Deus, estamos vivendo em momentos de crise. Entretanto, mesmo o nome de Deus não aparecendo em nenhuma parte desse importante livro, podemos ver detrás dos fatos a ação do Único Deus Forte e Soberano.
          Três personagens merecem destaque nesse livro:

  •  Mardoqueu ou Mordecai: judeu, parente próximo de Ester, que descobriu uma conspiração para matar o rei Assuero, Xerxes (Et 1:21-23)

  •  Ester ou Hadassa: moça judia escolhida para ser rainha no lugar de Vasti (Et 1:5 à 18)

  •  Hamã, primeiro-ministro da Pérsia (Et 3:6), maquinou uma conspiração sinistra para exterminar todos os judeus.


          No próximo estudo, veremos porque Ester é um exemplo que deve ser seguido.


  • Afirmativa-Chave: “Avivamento é a mudança e renovação na vida de oração de uma pessoa, de uma igreja de um povo”

  • Pergunta Padrão:“Como está o seu relacionamento com Deus?”



Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (I Tes5:23)
Itabuna-Bahia 29.03.2013 (11h20min)
[gilvansilva00@hotmail.com; (73) 9191-0910; 8825-1811]
Siga-me no Twitter: http://twitter.com/Gilvan1973_BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário