Data

Animação


"Não tolere o que a Bíblia reprova" (Gilvan, 15.05.2005)

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Família Sem Filhos (Efésios 5:22 à 24)

  • Antes da fundação do mundo, antes da queda do homem, antes do pecado, Deus instituiu a família e a vida familiar. Antes que houvesse qualquer outra instituição humana, Deus criou a família. É a primeira e básica instituição (Ef 1:3 à 6).
  • ·         A família começa com o casamento. Quando Deus criou Adão e Eva, ele revelou seu plano básico para o casamento (Gn 2:24; Mt 19:6);
  • ·         Vivemos numa geração cada vez mais superficial e instantânea. Muitas famílias estão vivendo num deserto espiritual, seco, sem vida - há pouco espaço ou ambiente para buscas mais extensas, pouco profundidade na oração, na adoração, na pregação, no culto doméstico, nos exemplos de vida;
  • ·         Deus aprovou as relações sexuais somente dentro do casamento. Não há nada de mal ou impuro sobre as relações sexuais dentro de um casamento aprovado por Deus – a intimidade sexual diz respeito apenas ao casal (Hb 13:4). Esposos e esposas têm a responsabilidade de satisfazer os desejos sexuais (dados por Deus) aos seus companheiros (1 Co 7:1-5).
  • ·         O propósito eterno de Deus: Ter uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus – Rm 8:28 à 30
  • ·         Casais unidos diante de Deus pelo casamento gozam o privilégio de contribuírem para esse propósito gerando filhos (I Tm 2: 12 à 15). Deus ordenou a Adão e Eva e aos filhos de Noé que tivessem filhos (Gn 1:28; 9:1);
  • ·         Na Bíblia, gerar filhos era considerado uma grande alegria e uma benção, ao passo que a mulher estéril era considerada maldita. Na Dispensação da Lei: “Dois irmãos, estando um casado e este venha a falecer, o outro tem o dever de se unir com a viúva e o primeiro filho seria considerado filho do falecido”(Dt 25:5-10)
  • ·         As Escrituras Sagradas mencionam o caso de Onã, neto de Jacó, filho de Judá com uma mulher Cananéia, que negou suscitar descendência a seu irmão mais velho que havia falecido (Gn 38: 6 à 10)
  • ·         A família com filhos é propósito original de Deus (O Senhor curou mulheres com problemas para engravidar: 1. Sarai (Gn 11:30; 16:2); 2. Rebeca (Gn 25.21); 3. Raquel (Gn 29.13); 4. A mãe de Sansão (Jz 13); 5. Ana (I Sm 1:6); 6.  Isabel (Lc 1:7)
  • ·         Ainda que nem todas as pessoas tenham que se casar, e que nem todas terão filhos, o plano básico de Deus que os filhos nasçam dentro de famílias, completas com pai e mãe (1 Tm 5:14).
  • Assim Deus criou o casal para existir em duas pessoas distintas, numa união tão completa que se tornam "uma só carne" (Gn 2:24);
  • ·         A importância primordial da família na estratégia de Deus também pode ser reconhecida na encarnação de Jesus, que se fez através da família (Gl 4:4); a imagem de Deus no casal inclui o aspecto de procriação de novas imagens.
  • ·         Os filhos são fruto do amor dos pais, e pela graça de Deus também são novas imagens não somente de Deus mas também são pequenos espelhos do amor dos pais (Gn 5:1-3).
  • ·         Infelizmente o pecado separou a família do plano original de Deus.  Desde a queda, a imagem de Deus no ser humano foi ofuscada (não apagada!).  O pecado injetou conflito no relacionamento antes harmonioso entre marido e esposa, que não mais refletem tão claramente a imagem de Deus. Por isso a imagem de Deus na família precisava ser resgatada, conforme a promessa que Deus fizera no próprio Jardim (Gn 3:15). 
  • ·         Agora, em Cristo, a família pode novamente refletir a imagem de Deus na Terra
  • ·         Não deve ser opção do casal não ter filhos (Sl 127: 1 à 5). Porém há muitos casais impossibilitados de conceber seus próprios filhos (motivos físicos), e isso não implica fundamento bíblico para a maldição.
Conselhos:
1.       Trate seu cônjuge da mesma forma como você gostaria de ser tratado;
2.       Como os dois são uma só carne, não deve haver nada escondido entre marido e mulher. A vida de um deve ser um livro aberto para o outro;
3.       Marido e mulher devem adquirir o hábito falarem com Deus, orando e Lendo a Bíblia, juntos;
4.       O cônjuge não deve exigir do outro perfeição absoluta em tudo
5.        Não espere que a crise se instale e forme raízes profundas, seja qual for o problema. 

 
Ø  Pequeno Grupo (IBT) – II Semestre 2010
Ø  Tema dos Estudos: E Sua Família, como Está?
Ø  Igreja Batista Teosópolis. Gilvan & Andréa, servos do Deus Altíssimo em corpo,
 alma e  espírito – Conhecendo a Visão do Edifício de Deus aqui na Terra;
gilvansilva00@hotmail.com; 8848-3714; 9191-0910; 9995-4551  

Nenhum comentário:

Postar um comentário