Data

Animação


"Não tolere o que a Bíblia reprova" (Gilvan, 15.05.2005)

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Estudo VII – O Reencontro com a Missão (Jonas 3:3-4)

  • É possível redescobrir a missão:
  • Na misericórdia do Senhor aprendemos e crescemos;
  • A vida só tem sentido quando somos habilidosos em compreender as "sinalizações" de Deus que servem para nos aperfeiçoar; caso contrário, a vida se torna um tremendo naufrágio.
  • Jonas é um homem que perdeu o sentido da vida. Um homem sem eixo, sem centro, sem perspectiva - literalmente jogado de um lado para o outro pelas ondas da vida. Todavia, na segunda oportunidade:
  • Jonas resolve obedecer (v.3)
  • A atitude de Jonas deve ser a nossa também:
*      Levantar-se e partir ao encontro da missão que Deus nos confiou;
  • Jonas estava impactado por seu mergulho no fundo do mar, no fundo de si mesmo e, resolve obedecer ao chamado divido
  • Por todas as Escrituras, a figura de águas ou chuvas é usada para representar uma visitação de Deus que invade um povo ou nação
  • Finalmente, Jonas vai a Nínive falar da Palavra de Deus;
  • Essa cidade era muito importante por causa do povo que nele habitava (seu perímetro era aproximadamente 96 km e ela tinha cerca de 600.000 habitantes (3 vezes população de Itabuna);
  • Qual foi a pregação que Deus entregou a Jonas? “Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida” (v.4). O conteúdo da mensagem de Jonas só comporta justiça (v.4); Jonas não fala em nenhum momento sobre o perdão de Deus – ele, de fato, odiava os ninivitas;
  • Não era uma mensagem de misericórdia, mas uma sentença de condenação. Era o anúncio do juízo de Deus sobre a cidade. A destruição viria quarenta dias depois da pregação. Todavia, o povo tinha tempo para analisar o conteúdo e, se quiserem, se arrependerem. 
  •  Deus estava rompendo barreiras eclesiásticas e alcançando pessoas que para Jonas não eram “santificadas”
  • Deus contempla às pessoas. No caso de Nínive, pessoas sanguinárias que mereciam uma oportunidade de arrependimento antes de destruição iminente;
  • A Igreja precisa cumprir sua missão integral, na dimensão vertical (Deus) e horizontal (pessoas):
  • Deus está nos dizendo que precisamos ir alem de nossa posição atual;
  • Devemos esperar nEle até que nossos corações sejam quebrantados, até que sejamos conduzidos a uma nova dimensão (vivermos na dimensão do Espírito);
  • Precisamos edificar o Edifício de Deus aqui na Terra;
  • Para cumprir a missão, é preciso sacrifício, esforço:
  • Jonas inicialmente preferiu o sono, o comodismo. Não quis romper para a vida;
  • Preferiu dormir a amar: A recusa em conhecer a nós mesmo, provoca “algemas” na alma
  • Jonas perdeu todo sentimento espiritual. Orou apenas duas vezes em todo seu livro: Uma no ventre do peixe, numa atitude de extremo desespero, e outra quando estava ressentido e magoado por Deus ter poupado Nínive.
  • A verdade é que quando deixamos de buscar ao Senhor, e deixamos nossa vida de devoção a Ele, é um péssimo sinal. Precisas dar uma resposta à Deus...
  • Cumprir a missão apenas por obrigação, não acrescenta nada em nossas vidas (Lc 17.9-10)
  • Jonas continuou percorrendo aquela grande cidade proclamando a simples mensagem de arrependimento e o resultado foi sem paralelos em toda a história humana:
  • A Palavra de Deus nunca volta vazia, ela sempre realiza seu trabalho (Is 55.11)
  • Temos que ir ao encontro do outro, mesmo que seja em Nínive.
 
Ø  Escola Bíblica Dinâmica (EBD) – II Semestre 2008
Ø  Tema do Semestre: Mergulho no Ser - Estudos no livro de Jonas
Ø  Igreja Batista Teosópolis. Gilvan Silva Santos, servo do Deus Altíssimo em espírito, alma e corpo (gilvansilva00@hotmail.com; 73 8848-3714; 9995-4551; 9191-0910)

Nenhum comentário:

Postar um comentário